Mercados

O Sacchettificio Nazionale G. Corazza s.p.a. produz embalagens de papel ou de materiais plásticos destinados a conter os produtos dos clientes e para todos os mercados. A possibilidade de produzir todo tipo de embalagem existente, junto à experiência e ao desenvolvimento de um Sistema de Qualidade Total preciso e rigoroso, observando constantemente as normas europeias, permitiu ao Sacchettificio Nazionale G. Corazza s.p.a. de afirmar a própria presença em toda a Europa e mais além, fornecendo também aos clientes mais exigentes nos mercados considerados mais críticos e complexos, como a alimentação humana, a alimentação animal e os produtos químicos.

A ampla rede de colaboradores presente em todos os países europeus e mais além garante um serviço comercial e técnico de altíssimo nível.  Dando suporte aos clientes nas suas escolhas oferecendo dados, experiência, know-how e os acompanhando no desenvolvimento das embalagens dos próprios produtos, com a preparação de provas e testes preliminares. Relação: esta é a palavra-chave. Tudo se baseia no homem e nas relações que ele consegue estabelecer. Troca de ideias, de informações, propostas de melhoria, tudo isso leva ao desenvolvimento dos produtos em uma relação estreita e virtuosa entre fornecedor e cliente, ou melhor, entre Parceiros.

Selecione o mercado para saber os detalhes e, sobretudo, para ver o tipo de embalagem proposto pelo Sacchettificio Nazionale G. Corazza s.p.a., considerando as experiências adquiridas e o know-how amadurecido durante o longo tempo de atividade.

Mercados: Produtos químicos

Produtos químicos

  • POLÍMEROS
  • COLAS
  • PIGMENTOS
  • AGROTÓXICOS
  • PRODUTOS DE LIMPEZA
  • PRODUTOS QUÍMICOS EM PÓ

O Sacchettificio Nazionale G. Corazza s.p.a. oferece uma grande variedade de produtos e soluções adequadas para a contenção de materiais químicos em pó, em grânulos ou em flocos também perigosos, graças à possibilidade de fornecer, sob pedido, embalagens homologadas pela ONU com certificações IMDG/ADR/RID, respeitando plenamente as normas europeias em vigor.

Em especial, sugere a utilização de: